Se você sofre de bafo e não quer afastar ninguém, anote estas dicas preciosas! ;)

Uma das ervas mais conhecidas para essa finalidade é a salsa, mas ela não é a única que pode aliviar o cheirinho ruim da sua boca: aposte também em coentro, hortelã, estragão, alecrim e outras ervas ricas em clorofila. Para tal, você pode mastigá-las, fazer um enxague bucal e ou mesmo um chazinho.

Uma dose diária de iogurte pode diminuir o nível de sulfureto de hidrogênio, que é um dos causadores do mau hálito, além de reduzir a quantidade de bactérias responsáveis por esse futum. É importante escolher marcas com pouca quantidade de açúcar refinado e de preferência com lactobacilos.

Frutas e verduras crocantes ajudam na produção de saliva, que faz com que sua boca seja lavada naturalmente com mais facilidade, evitando o acúmulo de bactérias que possam causar o cheirinho ruim em seu hálito.

O gengibre é comumente usado para aliviar sintomas de estômago revirado, mas também pode ser uma boa arma contra o mau hálito. Prepare um enxague caseiro misturando o gengibre com limão e água morna.

A maioria das bactérias que causa o mau hálito detesta a vitamina C. Laranjas e outras frutas cítricas são ótimas opções, mas o pimentão e o mamão são melhores para evitar aquele cheirinho. Sem contar que a vitamina C também ajuda na prevenção da gengivite.

Os ácidos e as enzimas do café podem contribuir para a formação do mau hálito, algo que não acontece com o chá verde: seus componentes ajudam a manter o seu bafo mais ameno e também pode aniquilar as bactérias responsáveis pelas cáries. Ou seja, só benefícios.

A erva-doce tem muitos benefícios para o sistema digestório como um todo, inclusive na prevenção do mau hálito. Suas sementes ajudam a neutralizar o fedorzinho igual aos remédios com a mesma finalidade. Por ser crocante, a semente de erva-doce se encaixa no item 2 desta lista. Além disso, o óleo das sementes possui propriedades antibacterianas – principalmente contra as responsáveis pelo mau hálito.

***

É importante frisar que essas são apenas algumas dicas para manter o hálito saudável. Elas não substituem uma boa higiene bucal, que inclui escovar bem os dentes, passar fio dental e terminar com um bochecho de flúor. Também é recomendável parar de fumar (se este for o seu caso) e procurar sempre a ajuda de um dentista. Outras dicas para neutralizar o mau hálito podem ser conferidas nesta lista.

Fonte